BEM VINDO AO MANIA COLORIDA

11 de maio de 2010

ALDEMIR MARTINS EM SALA DE AULA

A criança conta com uma capacidade inesgotável de imaginação, interpretação na apreciação de imagens. Consegue perceber detalhes e absorver o conteúdo expresso, muito além do gráfico. A subjetividade permeia, sem dúvida, o processo de sua fruição artística. Os detalhes não escapam aos olhares atentos dos pequenos.
Trazer Arte para a sala de aula é enriquecer o olhar, ampliar repertório visual e conceitual. Acima de tudo, possibilita o desenvolvimento do simbólico da criança e de sua capacidade de abstração que se desenvolve consistentemente mais tarde, quase na pré-adolescência.
Embora já possa ousar dizer que a criança tem um nível de abstração bastante desenvolvido, sendo capaz de observar o real e decodificar no desenho elementos deste real. Cria elementos simbólicos representativos da realidade e pode facilmente justificá-los.
Enquanto que os adultos já possuem conceitos e são esteticamente educados para distinguir entre o "belo e o feio", parecendo quase que cimentados sobre estes conceitos, a criança se move livremente pelo mundo dos códigos visuais realizando leituras das imagens que surpreendem!
Com Aldemir Martins é possível trabalhar a distorção das formas, aplicação das cores de forma livre e expressiva, porque é permitido pintar um gato de vermelho, azul, amarelo... transcendendo o mundo do real e levando a criança a experimentar e ousar no campo da criação e de sua subjetividade.
Os traços do artista aproximam-se aos traços infantis, as cores e a temática de seus quadros apresentam-se de forma muito atrativa. Vibrantes e alegres, suas obras inebriam os olhares ingênuos na busca de identidade com os desenhos que produzem. Certamente há identificação e há uma espécie de encontro das semelhanças de idéias. É só lançar uma proposta de criação e observar o resultado explêndido e curioso.

Existem muitas formas de trabalhar o artista e suas obras. O professor pode dispor de espaços diferenciados que podem partir da sala de aula para o ambiente externo, sala de projeção de imagens, laboratório de informática, o próprio atelier... tudo vai depender da faixa etária do grupo e do objetivo da atividade.
No caso da proposta apresentada hoje, a obra do artista será representada através de mosaico.
Vejam como é interessante:


O PONTO

Como elemento fundamental da linguagem visual, o ponto deve ser reconhecido pelos alunos quando aparece em obras de arte, na natureza e nas demais produções da cultura.
Para a geometria, o ponto é apenas um sinal gráfico de referência, não tem dimensões e é utilizado para indicar um lugar.
Na linguagem visual, é o sinal mais simples de representação. Normalmente, o ponto é associado à idéia de um círculo de pequenas dimensões, porém qualquer forma pode ser utilizada para representar um ponto. Uma pessoa, vista pela janela de um edifício, parecerá um ponto.


PROPOSTA: BRINCANDO COM A FORMA DAS COISAS

Identificar o ponto na natureza, nos objetos e nos animais. Recortar, de revistas objetos e animais com pontos. Em seguida, recortar e montar (colar) um mosaico com muitos pontos, inspirado na obra de Aldemir Martins. Nesta proposta o foco é o ponto. Os alunos devem reconhecê-lo e utilizá-lo de maneira consciente e objetiva.

Obra utilizada: O GATO VERMELHO

Material necessário:

• papel “color set” de cada das seguintes cores: vermelho, amarelo, laranja, azul, verde, branco e preto.


Levar numa folha de sulfite o desenho do gato (apenas o contorno) onde a criança devrá colar os pedacinhos de papel de acordo com as cores da obra. Neste caso o processo será de identificar as cores, adequá-las aos espaços, adequar o papel aos espaços e trabalhar as cores. A criança recorta o papel, cola, dimensiona o tamanho do recorte proporcionalmente ao desenho, observa linhas e suas limitações e também. No caso, a atividade foi aplicada para a faixa etária de 6 anos.















 MARTINS, Aldemir, Gato Vermelho. 1995
Acrílica sobre tela: color 46 x 55 cm


Bom trabalho!
Dúvidas ou dicas é só entrar em contato comigo deixando um comentário aqui ou pelo e-mail dagmaramsberg@yahoo.com.br

Beijos da Dagui

Um comentário:

Cristina schmidt disse...

Dag,qdo vc levou Aldemir Martins p a escola Monica Tomaz, achei super interessante. Agora, vendo todo o processo do trabalho aqui em seu Blog, o que posso dizer que ele é simplesmente esplendido!!!! Muito sucesso para vc. Um bj no coração