BEM VINDO AO MANIA COLORIDA

26 de junho de 2011

O QUE QUERO DIZER É O SEGUINTE:

que alguém se torne machista, racista, classista, sei lá o quê, mas se assuma como transgressor da natureza humana. Não me venha com justificativas genéticas, sociológicas ou históricas ou filosóficas para explicar a superioridade da branquitude sobre a negritude, dos homens sobre as mulheres, dos patrões sobre os empregados. Qualquer discriminação é imoral e lutar contra ela é um dever por mais que se reconheça a força dos condicionamentos a enfrentar. A boniteza de ser gente se acha, entre outras coisas, nessa possibilidade e nesse dever de brigar. Saber que devo respeito à autonomia e à identidade do educando exige de mim uma prática em tudo coerente com este saber.

Paulo Freire
Pedagogia da Autonomia




Por mais que o mundo avance e nos cheguem a cada dia, novos conceitos e novas teorias, nada subsitui a sabedoria de contextualizar as "falas" em nosso cotidiano. 
Paulo Freire é um homem a frente de seu tempo, que pensou GRANDE para a Educação.
Mesmo com todo o avanço da humanidade e das pessoas, nos diálogos sobre gênero, de cunho racial, Educação, sociais... enfim, são tantas as questões e as urgências, que nem são atuais, mas sim os seus debates...  e nem com tudo isso parecemos alcançar a proposta deste homem que tanto contribuiu para o aprimoramento da prática educativa.

Beijos e um ótimo fim de domingo.

Dagui

5 comentários:

Faniquito disse...

Olá !!!

Abomino o preconceito s/tudo e qualquer coisa. Existem homens que vieram mesmo para marcar época com suas idéias e obras...Paulo Freire é um exemplo disso.

Beijinhos

Ana

Dagmar disse...

Obrigada Ana por sua visita no blog. Realmente, mesmo não sendo aceitável é praticado por estar enraizado culturalmente nas atitudes das pessoas. Tomar ciência disto é um passo para a mudança. Paulo Freire muito bem soube dar o "tapa com luvas de pelica", um homem sábio e coerente.

Bjs
Dagui

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Verdade plena.

As vezes buscamos
tantas explicações
para o que não se explica,
que construímos
uma sociedade doente
de valores
e responsabilidades.

Que os sonhos te envolvam
a vida, sempre...

Dagmar disse...

Obrigada pela visita Aluísio!

Cada um de nós tem sua parcela de responsabilitade sobre a coletividade!
Esta sociedade doente de valores e de responsabilidade é fruto de uma história perversa de colonização inclusive intelectual, que persiste na perpetuação da desigualdade.

Certamente um homem coerente com suas palavras.

Um convite à reflexão!
Abraços
Dagui

Educação em Foco disse...

Olá Dagmar!

Nosso blog está com uma novidade.
Nos envie uma postagem sua e a publicaremos!
Coloque seu conhecimento na rede e faça a diferença!
Venha participar!
Abraços,
Equipe Educação em Foco
http://redeeducacaoemfoco.blogspot.com/2011/07/quer-participar-do-blog-educacao-em.html